Apenas uma questão de reflexão

Se tem uma coisa que me incomoda é o discurso equivocado de grupos isolados da sociedade que se auto identificam o bastião da moral em defesa das minorias oprimidas do nosso sistema predominantemente cristão e patriarcal. Ações isoladas cujo objetivo é explicitamente a modificação do ambiente social e coletivo tem se intensificado em meio a movimentações sobre tudo contendo falas e expressões ao público agremiado ou mesmo aleatório ao acontecimento instantâneo.

Um dos grupos que mais se tem destacado nessa esfera social em nomenclatura tem sido os movimentos associados ao feminismo que intensifica cada vez mais o seu discurso baseado na desinformação adquirida nos sórdidos porões de seu próprio ventre histórico e cultural. Nisso se intensifica mais ainda os seus ataques a ordem das coisas como são, do jeito que sempre foram, e nessa brincadeira toda a própria arbitrariedade em si se dissolve em repartições que se integralizam numa única estrutura dado o legítimo exemplo da nossa língua hoje dividida em duas formas diferenciadas de se pensar em colocação e no uso da palavra: temos então dois métodos de análise ideológicos, o do politicamente correto e do politicamente incorreto.

Sendo assim a conjuntura dos fatos convenientes a mim relatar, vamos ao que interessa…

Diferenciações existem entre os sexos em seus perspectivo papeis de gênero tanto em sua composição biológica quanto no desenvolvimento de suas funções públicas ou sociais e é aí que surge o problema da desigualdade entre ambos que se distinguem no mesmo momento em que também se destacam. Será que todos podemos ser iguais e gozar dos mesmos privilégios? NÃO!!

Nós homens somos diariamente hostilizados sem qualquer dó ou consideração por nossos feitos na e para a humanidade; nós construímos pontes, prédios e arranha-céus, aviões, carros, navios e submarinos, inventamos a filosofia e descobrimos as ciências, viajamos até o espaço sideral e colonizamos terras abitáveis na superfície da terra.

Mas cada conquista requer também certos danos, assim como de um extremo ao outro tem lá suas desvantagens; a taxa de homicídios somente no Brasil estatisticamente soma cinquenta mil ao ano, sendo que quarenta e cinco são contra homens. Sessenta e cinco por cento das cadeiras universitárias são compostas por mulheres, as mulheres hoje garantiram o seu direito ao voto mais desconsideram a hipótese de serem convocadas obrigatoriamente ao serviço militar no qual cem por cento dos soldados mortos na primeira e na segunda guerra mundial são homens e, querem apenas usufruir de certos privilégios fazendo uso indevido das leis em benefício próprio sem contemplar toda a sociedade ao redor. A vitimização social é a sua principal arma de propaganda, fazemos quase todos os esforços pra no final das contas elas levarem vantagem em quase tudo; numa reunião de negócios em que haja homens e mulheres à mesa ou mesmo num jantar romântico o homem sempre paga a conta pelos dois. Oitenta por cento dos comerciais de propaganda midiática sobre produtos de venda são destinados ao público feminino. Já no lado mais espinhoso da história temos um cenário um pouco mais rude, é claro que referente ao macho… pois bem; nove em cada dez sem teto são homens sendo que setenta e dois por cento das terras de reforma agraria são de mulheres, noventa por cento das mortes no ambiente de trabalho são de homens, e em caso de divórcio noventa por cento da guarda das crianças ficam para as mulheres, o único método contraceptivo para os homens sem restar opções é a vasectomia.

A militância feminista no Ocidente deseja o fim do patriarcado embasado na moral judaico-cristã, e com isso brama aos quatro cantos pelo cessar do machismo o qual é a sustentação de toda uma civilização bem organizada em seus sistemas de leis de respeito aos indivíduos vigentes e inclusive semigerou o matriarcado para a manutenção e o seu auxílio. O que nem se percebe é que, na tentativa de ausentar um sistema vigorado desde sua raiz, outro o substituirá (ou o machismo judaico-cristão, ou o machismo islâmico); no final das contas o espaço não ficará vazio.

 

Anúncios

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: